Documentário “100% Boliviano, Mano” ajuda a quebrar estereótipos sobre a comunidade