publicidadespot_img
domingo, dezembro 4, 2022

Campanha espanhola combate sensacionalismo da imprensa em relação às migrações

A organização espanhola Red Acoge, que promove os direitos dos imigrantes no país europeu, lançou neste mês de dezembro uma campanha contra o sensacionalismo da imprensa na abordagem do temas relacionados às migrações.

Intitulada “Inmigracionalismo” (mistura de “imigração” com “sensacionalismo” em espanhol), a ação tem como objetivo sensibilizar os meios de comunicação quanto à necessidade de tratar os imigrantes com igualdade e sem fazer distinção de origem. Ela também vai dar orientações aos profissionais e empresas de comunicação sobre formas adequadas de abordagem do tema.

Campanha tenta sensibilizar e orientar a imprensa sobre abordagem das migrações. Crédito: Divulgação
Campanha tenta sensibilizar e orientar a imprensa sobre abordagem das migrações.
Crédito: Divulgação

“O bom jornalismo evita o sensacionalismo para apresentar uma informação verdadeira e ajustada aos fatos. No entanto, quase inconscientemente, a tensão em histórias que envolvem migração em uma série de frases e abordagens são eles próprios uma forma de sensacionalismo”, explica o site oficial da campanha – acesse aqui.

A campanha também inclui o estudo “Inmigracionalismo”, feito ao longo de 2014 sobre o tratamento dado pelo meios de comunicação sobre imigração. Ele será lançado nesta quinta-feira (18) em Madri, aproveitando o Dia Internacional do Imigrante.

Vídeos ilustrativos que retratam situações hipotéticas de sensacionalismo da imprensa estão disponíveis na internet. Eles são encerrados com uma mensagem simples e direta: “Isto não é Hollywood. Se você escreve notícias sobre imigração, faça com responsabilidade e rigor. O sensacionalismo nas notícias sobre imigração acaba gerando medo e ódio”. Um deles pode ser visto abaixo:

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=btBde7dXCpU]

Além dos vídeos ilustrativos, a campanha também lançou uma pesquisa na qual quer ouvir dos profissionais as dificuldades que encontram na abordagem do tema e o que acham que precisaria ser revisto por parte da mídia no tratamento da temática. O questionário está disponível no final da página acessada por este link.

Embora a campanha tenha a Espanha como foco, a mensagem e suas lições servem para veículos de comunicação e sociedades de qualquer outra parte do mundo – incluindo o Brasil.

 

- Advertisement -spot_img
- publicidade -

Últimas Noticías