Com 50 nacionalidades representadas, vem aí a Festa do Imigrante 2017; veja programação

0
183
Festa do Imigrante reúne milhares de pessoas anualmente no espaço da antiga Hospedaria do Brás. Crédito: Divulgação

Tradicional evento cultural de São Paulo acontece nos dias 4, 10 e 11 de junho e permite fazer pontes entre o passado e o presente das migrações na cidade

Por Rodrigo Borges Delfim
De São Paulo (SP)
Atualizada em 01/06/17, às 23h30

Quer conhecer um pouco da cultura de dezenas de comunidades presentes em São Paulo, sem precisar sair da cidade? Essa mini-volta ao mundo é possível a cada edição da Festa do Imigrante, que chega à sua 22ª edição e acontece nos dias 4, 10 e 11 de junho.

Clique aqui para acessar a programação completa

Assim como nos anos anteriores, o evento é organizado pelo Museu da Imigração e é realizado no espaço da antiga Hospedaria do Brás – edifício que recebeu muitos dos migrantes de outras regiões do Brasil e do exterior que vieram tentar uma nova vida em São Paulo. Para este ano, o lema escolhido foi “Compartilhando Lembranças e Histórias”.

Festa do Imigrante reúne milhares de pessoas anualmente no espaço da antiga Hospedaria do Brás.
Crédito: Divulgação

Cerca de 50 nacionalidades estarão presentes na festa, com atrações gastronômicas, de dança, música, artesanato, entre outras manifestações culturais. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada).

O vídeo abaixo, feito pela equipe do Museu da Imigração, traz alguns depoimentos com histórias e lembranças de migrantes e descendentes, dialogando assim com o lema da festa deste ano:

Migrações de ontem e de hoje

A Festa do Imigrante tem papel fundamental no resgate da história de mais de 2,5 milhões de pessoas que passaram pela antiga Hospedaria dos Imigrantes do Brás desde o final do século XIX até meados do século XX. O evento, que já é uma tradição no cenário cultural de São Paulo, recebeu cerca de 22 mil pessoas na última edição, em 2016.

 

Museu da Imigração de São Paulo, em foto de setembro de 2016.
Crédito: Rodrigo Borges Delfim/MigraMundo

O evento, aliás, permite que o visitante conheça as duas instituições que atualmente ocupam o espaço da antiga Hospedaria: o Museu da Imigração e o Arsenal da Esperança, uma casa que acolhe 1.200 pessoas todas as noites, especialmente aquelas que estão em situação de rua.

Cerca de 300 desses acolhidos pelo Arsenal são pessoas de outras nacionalidades que chegam ao Brasil em busca de uma nova vida, fazendo com que a antiga Hospedaria mantenha parte de seu uso original até os dias de hoje.

Refeitório do Arsenal da Esperança, usado diariamente por 1.200 pessoas (inclusive imigrantes) e que serviu de restaurante no VIVA! Itália.
Crédito: José Luiz Altieri Campos/Arsenal da Esperança

22ª Festa do Imigrante
Data e horário: 4, 10 e 11 de junho, das 10h às 18h
Local: Museu da Imigração – Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Mooca, São Paulo (SP), próximo à estação Bresser-Mooca do Metrô
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ (meia-entrada)
Informações: Evento no Facebook ou no site do Museu
Programação: acesse aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.