Comunidade do Mali em SP convida para Festa da Independência

0
567

Mesmo distantes da terra natal, cidadãos das comunidades migrantes que vivem em São Paulo dão um jeito de trazer um pouco da cultura materna para a nova casa. E no próximo dia 21 de setembro (domingo) será a vez da comunidade do Mali, que vai celebrar os 54 anos de independência do país (a data oficial é 22 de setembro, que cai na segunda-feira).

O evento acontece das 10h às 16h no auditório da Missão Paz, região central da capital – é o mesmo lugar que já recebeu seminários, celebrações de outras comunidades (como a haitiana e a congolesa) e também serviu de abrigo improvisado para imigrantes no ápice da chegada de imigrantes do Acre na capital paulista.

Logotipo da UMSPB. Crédito: Reprodução
Logotipo da UMSPB.
Crédito: Reprodução

A festa está sendo organizada pela União Malinesa em São Paulo no Brasil (UMSPB), com o apoio da Casa do Migrante (um dos braços da Missão Paz), Arsenal da Esperança (local de acolhida de parte da comunidade), Caritas São Paulo e do Consulado do Mali em São Paulo. Está prevista ainda a presença do coordenador de Políticas para Imigrantes da Prefeitura de São Paulo, Paulo Illes, representando o poder público municipal na celebração.

Será uma bela oportunidade de conhecer um pouco melhor sobre o Mali e seus representantes na capital paulista. Antiga colônia francesa na África, o país obteve sua independência oficialmente em 22 de setembro de 1960. No entanto, sua história e cultura vão muito além dos 54 anos de existência do Mali como nação – por exemplo, ela engloba o Timbutku, um dos impérios mais influentes que já existiram na África e na história do continente antes da colonização europeia.

Veja abaixo o cronograma previsto para o evento:

-10h30 – Lançamento de abertura de festa de independência
-10h50 – Hino nacional do Mali
-11h00 – Agradecimento de convidados e todas pessoas presentes
-11h05 – Discurso e motivo de festa de independência do Mali em São Paulo no Brasil,
-12h00 – Apresentação da cultura Malinesa e história sobre o Mali
-12h50 – poema de independência do Mali
-13h00 –  Teatro do Mali
-13h20 – Dança e canções
-14h00 as 15h00 – Almoço com culinária malinesa e refrigerante
-15h00 – Apresentações de música e dança
-16h00 – Encerramento e agradecimento à Casa Imigrante, Arsenal da Esperança e demais parceiros e amigos da comunidade

Cidadãos do Mali no Arsenal da Esperança, local que acolhe boa parte da comunidade e apoia a festa. Crédito: Arsenal da Esperança
Cidadãos do Mali no Arsenal da Esperança, local que acolhe boa parte da comunidade e apoia a festa.
Crédito: Arsenal da Esperança

Para relembrar: Conferência da UMSPB

Embora seja a primeira celebração da independência do Mali em São Paulo, a comunidade já organizou outros eventos para seus representantes, pessoas e entidades parceiras. Um deles foi a 3ª Conferência da UMSPB, realizada no último dia 20 de julho no auditório da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, região central da capital.

Além de trazer um pouco da história e cultura do país, o evento teve como grande objetivo pregar a união. A mensagem que abriu os trabalhos do encontro foi: “Sozinho, um dedo não pode levantar uma pedra. Ele precisa de outros dedos, braços e pernas para essa tarefa”.

O chamado de união foi direcionado não apenas aos cidadãos do Mali, mas também aos de outros países africanos que sofrem com disputas e conflitos internos que desestabilizam a economia e a sociedade locais. União que deve servir de exemplo aos conterrâneos que ficaram na terra natal e também para que a comunidade africana no Brasil possa lutar por uma vida melhor.

Vale a pena ainda ler o belo texto do Arsenal da Esperança sobre a comunidade malinesa, no qual também divulga o evento do próximo dia 21.

Festa de 54 anos da Independência do Mali
Data: 21 de setembro (domingo), das 10h às 16h
Local: rua do Glicério, 225 – Centro – São Paulo (SP)
Entrada: gratuita

Com informações do blog do Arsenal da Esperança

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui