Descanse em paz, professor José Renato

0
290
O professor José Renato de Campos Araújo. Crédito: Divulgação

Pesquisador interdisciplinar, José Renato tornou-se referência na área de estudos interdisciplinares sobre migração, cultura, esporte, políticas públicas e territorialidades

Do NIEM*
No Rio de Janeiro

Faleceu no último dia 31 de janeiro, no Rio, devido a um infarto fulminante, o professor José Renato de Campos Araújo. José Renato, como era mais conhecido, foi, praticamente, um dos fundadores da USP/Leste, importante Campus da USP cuja proposta central é a ampla difusão da produção e do acesso ao conhecimento, sobretudo para dele quem está mais alijado.

O professor José Renato trabalhou como professor e coordenador do curso de Gestão de Políticas Públicas na EACH, além de atuar em diversos Conselhos e comissões administrativas da universidade. Pesquisador interdisciplinar, José Renato tornou-se referência na área de estudos interdisciplinares sobre migração, cultura, esporte, políticas públicas, territorialidades articulando as grandes áreas das ciências humanas como antropologia, sociologia, política, metodologia científica etc. Publicou artigos e livros como “Imigração e futebol: o caso do Palestra Itália”. Ed. FAPESP/Sumaré, 2000, que foi um trabalho pioneiro no desvendamento das atividades desportivas e militantes dos imigrantes italianos na cidade de São Paulo.

Ao lado da professora Maria Catarina C. Zanini (UFSM), José Renato coordenou, por anos, o Grupo de Trabalho de Migrações Internacionais da ANPOCS. Escreveu recentemente o artigo “Migrações internacionais e o federalismo brasileiro: os venezuelanos no Brasil” publicado no livro “Migrações Venezuelanas” coordenado pelos professores Rosana Baeninger e João Carlos Jarochinski (2018).

Em setembro de 2019, participou do 7º Diálogos do CEM, juntamente com a professora Valéria Magalhães, com o tema ‘Migrações e Cultura’. Trabalhou ativamente na EACH/USP, em parceria com a profa. Valéria, no tema das migrações, promovendo palestras, atuando em grupo de pesquisa e formando pós-graduandos e graduandos, além de ter produzido publicações na área.

Em alguns dos seus últimos trabalhos acadêmicos, José Renato, a Profa. Maria do Rosário Rolfsen Sales e a Profa. Rosana Baninger compartilharam a Mesa Redonda “Revisitando Abdelmalek Sayad, um escrivão público” durante o Seminário “20 anos depois: a contemporaneidade do pensamento de Abdelmalek Sayad”, realizado pela PUC-SP, Unimontes, CEM/Missão Paz (2-4/10/18). Nos últimos meses, trabalhava na elaboração de um artigo sobre o clássico livro “A imigração ou os paradoxos da alteridade” de Abdelmalek Sayad (1998) como um desdobramento da sua participação no referido seminário.

A direção da EACH/USP lamentou profundamente pelo falecimento do professor e decretou luto oficial de três dias. O velório ocorreu no sábado (02), no Cemitério da Vila Mariana, em São Paulo, e o sepultamento foi no Cemitério São Paulo.

Dado aos sabores da amizade, a generosidade e aberto ao debate, José Renato Campus de Araujo cultivava uma sensibilidade especial pela dignidade humana das pessoas. O amigo Zé Renato partiu, mas nos deixa um legado vital e primoroso como pessoa e pesquisador.

(Escrito a pedido do NIEM por José Carlos Pereira, com colaboração de Rosana Baeninger, Gustavo Dias, Valéria Barbosa de Magalhães e Helion Póvoa Neto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.