Eles são considerados invisíveis, mas não deveriam – documentário Los Invisibles

0
268

O vídeo é de 2010, mas continua muito real. Em nome de melhores condições de vida, dezenas de milhares de imigrantes (de todas as idades) se arriscam todo ano em uma das mais perigosas viagens no planeta, na tentativa de chegar aos Estados Unidos por meio da fronteira com o México.

No caminho, tais migrantes ficam sujeito à toda sorte de imprevistos, barreiras, abusos e violências. Para alguns, o preço pago pela ousadia ou desespero de fazer a jornada pode ser a própria vida; o sonho de uma vida melhor transformado em um grande pesadelo.

É de situações como essa que trata o documentário Los Invisibles, fruto da parceria entre o ator e produtor mexicano Gael García Bernal e do cineasta Marc Silver, em colaboração com a Anistia Internacional mexicana. Embora se chame Los Invisibles (os Invisíveis, em tradução livre), o documentário joga luz e dá visibilidade e voz a esses imigrantes, assim como suas histórias e experiências.

O vídeo foi lançado em quatro pequenos curtas, que totalizam menos de 25 minutos de duração. A edição completa, com todos os vídeos em sequência, pode ser assistida abaixo (em espanhol):

“O fluxo migratório nunca se acabará. Na vida sempre existirá a vida e a volta, o ir e o vir, o presente e o futuro. A economia internacional também se rege por essa lei inexorável. É necessário que as autoridades de México protejam os imigrantes que passam por nosso país. É necessário que a lei nos proteja, sejamos nativos ou estrangeiros. É essencial que o México dê exemplo de bom tratamento aos imigrantes para sermos coerentes nas várias exigências de bons tratos aos imigrantes nos Estados Unidos. Não podemos seguir sendo invisíveis”, diz Gael no trecho final do documentário.

A dupla Gael-Silver atualmente está envolvida no filme Who is Dayani Cristal?, também voltado à questão da imigração México-EUA. Recentemente a produção lançou ainda a hashtag #IamDayaniCristal, na qual imigrantes contam rapidamente um pouco de sua trajetória e origens e serve como forma de incluir outros migrantes e suas histórias mundo afora no contexto do projeto.

Leia também:

Documentário Who is Dayani Cristal retrata vida e morte na fronteira México-EUA

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.