Exposição “Somos Todos Imigrantes” “migra” entre as estações de metrô de São Paulo

2
26

A Exposição Somos Todos Imigrantes, que começou no MIS (Museu da Imagem e do Som), e já passou por locais como Missão Paz, Palácio dos Bandeirantes e Tribunal de Justiça de São Paulo, agora tem “migrado” entre as estações de metrô de São Paulo.

Entre 9 e 31 de janeiro a mostra ficou exposta na Estação Luz, na linha 1-azul. Agora as fotos podem ser vistas na estação Tatuapé, que fica na linha 3-vermelha, uma das mais movimentadas da rede.

Agora é a estação Tatuapé do metrô que recebe a mostra "Somos Todos Imigrantes". Crédito: Divulgação
Agora é a estação Tatuapé do metrô que recebe a mostra “Somos Todos Imigrantes”.
Crédito: Divulgação

Estima-se que cerca de 1,5 milhão de pessoas possam ter contato com a exposição, que ficará no Tatuapé até o final de fevereiro. Uma outra estação deve receber as fotos no mês de abril, ainda a ser definida pelo Metrô. E em breve a mostra deve conhecer outras paradas.

A mostra é composta por 19 retratos e foi idealizada pelo psicólogo e fotógrafo Chico Max, em conjunto com a Missão Paz. “Vejo muita gente se emocionar e recebo mensagem elogiosas, sempre positivas”, celebra Chico, quando questionado sobre o impacto da mostra junto ao público.

O trabalho de Chico tem ganhado destaque tanto nas redes sociais como na imprensa, incluindo a reportagem abaixo para o programa Repórter Brasil, da TV Record.

Além de mostrar os imigrantes e refugiados de forma humanizada e dignificante, a exposição se propõe também a esclarecer que essas pessoas são uma grande riqueza, ao contrário do que defendem discursos nacionalistas e xenófobos mundo afora.

 

2 COMENTÁRIOS

  1. Tive a honra de conhecer o Sr. Chico Max . eu visitei exposição na Estação da Luz .. adorei .. e aprecio muito o conceito desta exposição, é demonstrar que a humanidade é a solução e as fronteiras são apenas uma invenção do capitalismo .. Eu sou da síria e orgulhosas de ser.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.