Mapeamento de grupos ligados a imigrantes em São Paulo vai até 30 de abril; veja prévia

0
385

A Coordenação de Políticas para Migrantes (CPMig) da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC) de São Paulo divulgou uma prévia do mapeamento que está fazendo para identificar grupos de imigrantes ou entidades que lidam com a temática migratória na cidade.

A primeira versão, que pode ser acessada aqui, traz 42 grupos ou indivíduos cadastrados – mas ainda tem vários grupos que não se inscreveram. O prazo vai até o próximo dia 30 de abril.

Imigrantes são atendidos no CRAI, a parte de referência do centro para imigrantes da Prefeitura de São Paulo. Crédito: Sefras
Imigrantes são atendidos no CRAI, a parte de referência do centro para imigrantes da Prefeitura de São Paulo.
Crédito: Sefras

O preenchimento é voluntário e deve ser feito pelas organizações e/ou indivíduos envolvidos na temática migratória. Se você conhece entidades que não estão nessa primeira versão, avise-as do mapeamento. O convite para preencher o questionário se estende a organizações não-governamentais, associações, organizações religiosas, coletivos, grupos artísticos e também a outras entidades que entendam que seus trabalhos estão inseridos nesse âmbito.

Clique aqui para se cadastrar no mapeamento

Clique aqui para acessar a versão provisória

A partir do mapeamento, será criada uma base de dados pública, que tem o objetivo de melhorar a comunicação entre os grupos e o setor público, assim como também de facilitar o acesso a eles por qualquer interessado no tema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui