publicidadespot_img
terça-feira, agosto 16, 2022

Mulheres migrantes também vão tomar parte no Dia da Mulher; veja eventos em São Paulo

As mulheres migrantes também devem marcar presença nas reivindicações previstas para o dia 8 de março, quando é lembrado o Dia Internacional da Mulher.

Em São Paulo, pelo menos três atos relacionados à data devem incluir diretamente mulheres migrantes. Veja quais são e marque na agenda para se programar – com um pouquinho de jogo de cintura é possível participar até de mais de uma atividade…

Mulheres Imigrantes e Refugiadas em 08/03
Local: Praça da Sé, São Paulo
Horário: a partir das 16h30
Mais informações: evento no Facebook – clique aqui

A ação é organizada pela Frente de Mulheres Imigrantes e Refugiadas, em meio à mobilização global de paralisações e greves convocadas para o 8 de Março – ou simplesmente 8M. Composta por mulheres migrantes de diferentes nacionalidades, a Frente une as pautas feministas (por mais direitos, equidade, trabalho digno, protagonismo na liderança e na política) às reivindicações dos migrantes em todo o mundo (mundo mais justo, sem fronteiras e sem discriminação, com acesso a direitos humanos, dignidade e cidadania plena, e pelo direito a migrar).

Conexão Internacional de Luta de Mulheres Migrantes e Brasileiras
Local: restaurante Al Janiah – rua Rui Barbosa, 269 – Bixiga, São Paulo
Horário: das 19h às 21h
Mais informações: evento no Facebook – clique aqui

O coletivo MIM (Missão Imigrante), em parceria com o restaurante Al Janiah, organiza um ciclo de debates e palestras para somar às iniciativas organizadas para o Dia Internacional da Mulher. Na mesa, mulheres de quatro nacionalidades (Haiti, Bolívia, Brasil e Colômbia) vão falar sobre condições de trabalho, combate à discriminação  à violência, entre outros temas.


Dia Internacional da Mulher com África do Coração

Local: Galeria Olido – av. São João, 473 – Centro, São Paulo
Horário: das 17h às 21h
Mais informações: evento no Facebook – clique aqui

Com o tema “Igualdades Sem Limites”, o evento promovido pela ONG África do Coração terá uma mesa de debates composta por mulheres imigrantes e refugiadas de países africanos. Juntas, elas vão apresentar o histórico e o significado da mobilização que fazem para organização do Dia da Mulher em seus países de origem.


E você, sabe de algum evento que ficou de fora desta lista? Manda para o MigraMundo por meio do e-mail blogmigramundo@gmail.com que a inclusão será feita.

 

- Advertisement -spot_img

1 COMENTÁRIO

Comentários estão desabilitados

- publicidade -

Últimas Noticías