Publicações sobre a mulher latina são destaque na Feira do Livro de Buenos Aires

1
553

A Feira do Livro de Buenos Aires (Argentina), uma das maiores e mais importantes do mundo, tem a cidade de São Paulo como uma das homenageadas desta edição. E o lado migrante da metrópole brasileira também está presente no evento, por meio do “Mujer Latina, tú eres parte: no te quedes aparte” (Mulher latina, você é parte, não fique à parte, em tradução livre), projeto da ONG Presença de América Latina (PAL) que tem a militante chilena Oriana Jara (leia depoimento ao blog), presidente da entidade, como uma das responsáveis.

A iniciativa visa resgatar a memória das mulheres migrantes latinas e tudo o que elas podem ensinar. Assim, procura também ajudar a romper as barreiras e estereótipos produzidos pela discriminação de gênero, ainda tão comum no Brasil e tantos outros países.

convite

Durante a feira, no próximo dia 5 de maio, acontece o lançamento de três livros da ONG Presença de América Latina, sediada desde 2004 na maior cidade brasileira, com os títulos “Memoria Social – Chila tú parte, no te quedes aparte”, “Memoria Socíal – Uruguaya tú eres parte: no te quedes aparte” e “Memoria Social – Colombiana tú eres parte; no te quedes aparte”. A apresentação contará com um debate entre Oriana e a argentina Clara Politi, residente em São Paulo e recém-eleita como representante dos migrantes no Conselho Participativo da Subprefeitura de Pinheiros, na capital paulista.

Ou seja, se você estiver na capital argentina no próximo dia 5, a Feira do Livro e o debate de lançamento são belas sugestões para conhecer um pouco do trabalho e também do que São Paulo tem mostrado no exterior (claro, fique livre para julgar se corresponde ou não à realidade, na sua opinião).

Com informações do portal Bolívia Cultural

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.