publicidadespot_img
segunda-feira, outubro 3, 2022

Saiba quem são os imigrantes eleitos para os Conselhos Participativos das Subprefeituras de São Paulo

Já estão definidos os imigrantes eleitos para as Cadeiras Especiais nos Conselhos Participativos de 19 das 32 Subprefeituras da capital paulista. Dos 49 candidatos habilitados para o pleito do último domingo, 20 foram escolhidos pelas comunidades migrantes e terão como função representar e levar suas demandas a esses espaços.

Veja abaixo a relação de candidatos eleitos, de acordo com a Subprefeitura na qual atuarão. Não houve inscritos nas Subprefeituras que não aparecem listadas pois nelas não há índice percentual suficiente (0,5%) de moradores imigrantes nessas regiões para a inscrição de candidaturas – a Sé foi a única a ter direito a dois representantes por ter mais de 1% de imigrantes moradores na região.

Crédito: Coordenação de Políticas para Imigrantes da Prefeitura de São Paulo
Crédito: Coordenação de Políticas para Imigrantes da Prefeitura de São Paulo

Além da lista com os eleitos, o portal Bolívia Cultural traz ainda a relação de suplentes e os números totais da votação. Ao todo, foram 1710 votantes e 1694 votos válidos – os outros 16 votos restantes foram brancos (4) ou nulos (12).

Dos imigrantes eleitos, sete são bolivianos, refletindo a dimensão e tamanho da comunidade na capital paulista. A eleição de dois conselheiros de países africanos (Senegal e Guiné-Bissau) pode ser considerada também um reflexo da crescente presença dessa comunidade, seja no cotidiano da cidade como nas discussões sobre migrações.

Ao todo, imigrantes de 13 nacionalidades diferentes passarão a ter algum tipo de participação na vida política da maior cidade brasileira. Que a eleição especial do último dia 30 de março seja de fato o primeiro passo em direção ao direito ao voto tão desejado pelos imigrantes.

“Na luta pelo direito ao voto do migrante no campo nacional, há sempre uma dúvida se o migrante tem interesse em participar das decisões da cidade onde estão morando. Acho que aqui hoje ficou muito claro que de fato os imigrantes estão interessados e querem participar do processo de construção da cidade e do país”, analisa Paulo Illes, coordenador de políticas para imigrantes da Prefeitura.

Com informações da Coordenação de Políticas para Imigrantes da Prefeitura de São Paulo e do portal Bolívia Cultural

- Advertisement -spot_img

5 COMENTÁRIOS

Comentários estão desabilitados

- publicidade -

Últimas Noticías