Seminário abordará legado e contribuições de Abdelmalek Sayad para as migrações

0
192
Crédito: Divulgação

Evento acontece em outubro e tem inscrições gratuitas para apresentadores e ouvintes; trabalhos podem ser enviados até 24 de junho

Por María Villarreal
No Rio de Janeiro (RJ)

Entre os dias 2 e 4 de outubro de 2018, a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) acolherá o Seminário 20 anos depois: a contemporaneidade do pensamento de Abdelmalek Sayad (1933-1998), que está com inscrições abertas para o envio de trabalhos e participação nos debates.

Clique aqui para assinar a Newsletter do MigraMundo

As inscrições para todas as atividades do seminário são gratuitas, tanto para apresentadores de trabalhos como para ouvintes. A chamada de trabalhos está aberta até 24 de junho e mais informações podem ser consultadas no site oficial do evento.

O seminário é uma iniciativa realizada pela PUC-SP, a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), o Centro de Estudos Migratórios (CEM), a Missão Paz, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Universidade Federal do ABC (UFABC).

O evento contará com a participação de destacados pesquisadores nacionais e internacionais e incluirá diversas atividades, mesas redondas e 5 grupos de trabalho: “Migração e a sociedade receptora”; Migração e Estado”; “Migração e Identidade Cultural”; “Migração e Retorno”; e “Migração e Pensamento Pós-colonial”.

Crédito: Divulgação

Reflexões pioneiras

Ao se cumprir 20 anos da morte do sociólogo de origem argelina Abdelmalek Sayad, o seminário visa analisar o legado e as contribuições do autor para os estudos migratórios. As pesquisas de Sayad, realizadas a partir da sua formação e experiência como imigrante, permitiram adotar um olhar integral sobre a migração, evidenciando que existe um vínculo indissolúvel entre emigração e imigração e que não é possível entender o imigrante, suas experiências e condições sociais, sem compreender o emigrante e as condições sociais que o produzem como tal.

A sua interpretação da migração como fato social total, estimulou também o diálogo interdisciplinar e permitiu superar o olhar economicista que reduz a complexidade do fenômeno migratório -analisando a imigração e os imigrantes enquanto força de trabalho-, sem considerar outras dimensões e sem questionar as relações que provocam este processo nas sociedades de origem e chegada, assim como as condições que fazem com que a imigração seja vista como “um problema social e político”.

A partir das suas origens nacionais e enfoque, outras importantes contribuições do pensamento periférico e questionador de Sayad foram a análise das relações recíprocas e sempre desiguais entre sociedades de imigração e emigração, interrogando o papel dos Estados, dos processos e da “ordem colonial”, assim como a experiencia do exílio, da nostalgia e do retorno e a necessidade de olhar além das fronteiras nacionais para uma correta compreensão da complexidade da mobilidade humana.

Considerando a importância e, muitas vezes, o pioneirismo destas reflexões, o seminário busca entender a atualidade do pensamento de Abdelmalek Sayad, os diálogos interdisciplinares surgidos a partir dos seus trabalhos e as novas pesquisas que se alimentam das suas contribuições. Ao mesmo tempo, o evento servirá para divulgar a obra deste importante sociólogo entre estudantes e pesquisadores que estão se aproximando aos estudos migratórios.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.