Brasileiro que já foi imigrante mobiliza doações para imigrantes em situação vulnerável em SC

Ação vem ajudando cerca de 200 imigrantes que vivem em situação vulnerável na cidade catarinense desde o começo de abril; veja como colaborar

0
476
Doações arrecadadas por Fernando Castro e amigos, entregues para imigrantes em situação vulnerável em Brusque (SC)
Doações arrecadadas por Fernando Castro e amigos, entregues para imigrantes em situação vulnerável em Brusque (SC). (Foto: Arquivo pessoal)

A experiência como imigrante na Espanha deixou marcas no hoje estudante de Direito Fernando Santana de Castro, 35. Essa experiência é um dos motivadores de uma campanha que ele vem ajudando a mobilizar em prol de imigrantes que vivem em situação vulnerável em Brusque (SC), onde reside desde 2017.

Após quase dez anos em solo europeu, Castro teve de voltar ao Brasil no final de 2013, devido a uma crise que custou seu emprego. Com a suspensão de atividades em razão da pandemia de coronavírus, muitos imigrantes perderam trabalho e renda, o que torna a situação ainda mais complicada do que a vivida pelo estudante.

“Conheço as limitações de um imigrante, conheço suas necessidades e suas fraquezas. Estar longe de casa é pior que todos os sofrimentos”, recorda ele, que ainda vive como migrante, longe de sua terra natal — ele nasceu em Cáceres (MT).

A campanha

Já em Brusque, Castro se tornou voluntário do projeto Proteção e Auxílio aos Refugiados, uma atividade de extensão do Centro Universitário de Brusque (Unifebe), onde cursa atualmente o quarto ano de Direito. Com a suspensão das aulas e de outras atividades devido ao coronavírus, decidiu iniciar a campanha de forma independente.

Desde o último dia 7 de abril, cerca de 200 imigrantes, de países como Haiti e Venezuela, têm sido beneficiados por entregas semanais de cestas básicas. Também ocorreram outras entregas nos dias 14 e 21.

Em todo o processo ele conta com a ajuda de amigos e demais colaboradores — desde a arrecadação e montagem das cestas à entrega em mãos a seus destinatários.

“É como uma grande união de forças”, resume o estudante de Direito.

Também de forma voluntária, colaboram colegas e professores da Unifebe, servidores da Comarca de Brusque e policiais civis —Castro é estagiário da delegacia civil da cidade.

Uma nova ação está prevista para esta sexta-feira, feriado de 1º de maio. Para colaborar, basta fazer contato pelo celular (47) 99794-9249 (também WhatsApp).


*Venha ser parte do esforço para manter o trabalho do MigraMundo! Conheça nossa campanha de financiamento recorrente e junte-se a nós: https://bit.ly/2MoZrhB

*Que tal receber notícias do MigraMundo diretamente em seu WhatsApp? Basta acessar este link e entrar em nosso grupo de distribuição de conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui