publicidadespot_img
quarta-feira, novembro 30, 2022

Evento no Rio destaca oportunidades e desafios no setor de mobilidade global

Rio de Janeiro recebe, no próximo dia 17 de novembro, a segunda edição do Abemmi Pocket Summit, que destaca desafios e oportunidades no setor de mobilidadae global no Brasil

A Associação Brasileira de Especialistas em Migração e Mobilidade Internacional (ABEMMI) realiza no Rio de Janeiro, no próximo dia 17 de novembro, a 2º edição do ABEMMI Pocket Summit. O evento reúne grandes empresas do mercado de Mobilidade Global (ou Global Mobility, no termo em inglês) e tem como tema central a capital fluminense como polo de atração de mão de obra migrante.

A sede do evento foi escolhida de acordo com os dados divulgados pela Coordenação Geral de Migração Laboral, como sendo o estado que mais recebeu mão de obra estrangeira, entre 2019 e 2021. Segundo a entidade, são quase 20 mil profissionais migrantes atuando no Rio de Janeiro, apresentando cada vez mais destaque para o mercado de petróleo e gás.

“O Rio de Janeiro está se tornando um polo de atração de imigrantes, por ser um estado que possui um centro de turismo doméstico e internacional, possuindo uma expressiva necessidade de profissionais qualificados, devido às plataformas petrolíferas. Além disso, o estado se destaca como ponto tecnológico de startups”, afirma Marta Mitico, uma das fundadoras e presidente da ABEMMI.

Outro dado que dialoga com as falas de Mitico é a questão dos nômades digitais, na qual o Rio de Janeiro é pioneiro no Brasil e um dos temas a serem discutidos no evento. A programação completa está disponível neste link.

Em julho de 2021, a Prefeitura do Rio já havia criado um programa para atração de pessoas que se encaixam no conceito de nômades digitais, meses antes de o governo federal regulamentar a medida para todo o país. A ideia é tornar a cidade um polo regional da atividade na América do Sul. Para tal, a gestão municipal fez um pedido ao CNIg (Conselho Nacional de Imigração), ligado ao Ministério da Economia, para regulamentação da prática.

Karina Chuquimia, diretora da Immigration Consulting e membro do comitê de marketing do evento, destaca ainda que o setor de mobilidade global representa um mercado de trabalho mais amplo do que parece em princípio. E que eventos como o Summit ajudam a expandir e democratizar a área.

“A intenção da ABEMMI é sempre democratizar a área de Mobilidade Global, levando-a para empresas, grupos de pesquisa e outros. A mobilidade global possui um caráter multidisciplinar e representa uma cadeia de trabalho enorme”.

Migração como fator de desenvolvimento

Em maio deste ano, a ABEMMI promoveu, em formato online, o VI ABEMMI Summit Virtual, que discutiu temas como os cinco anos da Lei de Migração, a regularização e inserção de refugiados no mercado de trabalho, residência fiscal e os reflexos da pandemia de covid-19 e da guerra na Ucrânia no mercado de trabalho global.

Sobre o evento de maio passado, em entrevista ao MigraMundo, a diretora de imigração da Vialto Partners e diretora de marketing da ABEMMI, Carolina Carnaúba, destacou a importância de discussões como essas para consolidar o entendimento da migração como um fator de desenvolvimento local e global.

“Nosso país demanda mão de obra especializada, especialmente em setores específicos como o de energia e na indústria em geral. Entendemos que a imigração é vetor de desenvolvimento econômico e nossas leis têm que ter isso sempre em conta”, disse.

Serviço

2º ABEMMI Pocket Summit
Data e hora: 17 de novembro, das 8h às 14h
Local: Hotel Prodigy Santos Dumont – Av. Alm. Silvio de Noronha, 365 – Centro, Rio de Janeiro
Entrada: gratuita – restrito a associados ABEMMI.

- Advertisement -spot_img
- publicidade -

Últimas Noticías