Falando de refugiados, “Órfãos da Terra” ganha Emmy International como melhor telenovela

Outros enredos com a temática migratória já foram ao ar na televisão como "Nino, o Italianinho", nos anos 70, "O imigrante", nos anos 80, e a mais recente "Sol Nascente", em 2017

0
177
Novela Órfãos da Terra (Globo), que vai abordar a questão do refúgio. Crédito: Divulgação/TV Globo

A telenovela Órfãos da Terra, que tratou da temática das migrações,  foi a vencedora do Emmy International, um dos principais concursos mundiais da indústria de entretenimento, na categoria “melhor telenovela”.

O anúncio foi feito ontem pelos jurados. O enredo da novela da TV Globo, escrita por Thelma Guedes e Duca Rachid, teve como pano de fundo o conflito na Síria e a questão dos refugiados. A exibição ocorreu de abril a outubro de 2019. 

“Órfãos da Terra” não foi a primeira telenovela a ir ao ar tratando da temática migratória, embora tenha sido a primeira a focar na questão do refúgio. Desde a década de 1970, as emissoras brasileiras já usaram o tema como pano de fundo para suas tramas. O MigraMundo listou algumas delas, como Terra Nostra, Esperança e O Imigrante.

Em nota, o Alto Comissariado da ONU para Refugiados (ACNUR), apoiador técnico da produção do folhetim, felicitou a emissora afirmando, pelo seu porta-voz no Brasil, José Egas, estar “contente e orgulhoso” de ter participado na produção.

 O porta-voz da agência da ONU afirmou ainda que “o Emmy Internacional confirma a qualidade e a sensibilidade social da telenovela”. A nota mencionou os outros prêmios internacionais recebidos por “Órfãos da Terra”, como o suíço Rose D’Or Awards e o norte-coreano Seoul Drama Awards.

Migração e refúgio no Brasil e no mundo

Segundo o ACNUR, no ano em que a novela foi ao ar, em 2019, 11 mil refugiados tinham sido reconhecidos pelo Estado brasileiro, sendo a maior parte deles de sírios. Eles só foram superados a partir do final de 2019, quando o Brasil passou a reconhecer as solicitações de refúgio de venezuelanos.

No contexto mundial, pelas estimativas da ONU, há 272 milhões de imigrantes no mundo, e esse número deve continuar crescendo nos próximos anos.

Em relação ao refúgio, dados do ACNUR estimam que existem pelo menos 26 milhões de pessoas que buscaram proteção em um país diferente do que nasceram. Os sírios lideram esse ranking global, sendo em torno de 6,6 milhões de pessoas.

Expectativas

Na época de seu lançamento, o MigraMundo ouviu especialistas sobre suas expectativas para com o lançamento da telenovela. Um deles foi o sírio Abdulbaset Jarour, 29, que integra a ONG África do Coração e atuou como consultor para a novela.

“Acredito que essa novela vai mudar mais o olhar das pessoas, deixá-lo mais solidário, tolerante e gerar empatia. Espero que isso realmente aconteça, porque refugiado e migrante sofre muito com preconceito aqui no Brasil”, afirmou.

Roberta Brandalise, professora de teoria da comunicação e coordenadora de ensino de cultura na Faculdade Cásper Líbero, ponderou afirmando que a visibilidade do tema poderia ter efeitos positivos no Brasil, mas não necessariamente.

“Uma telenovela com a proposta de “Órfãos da Terra” pode tanto sensibilizar e esclarecer a opinião pública sobre o tema quanto aprofundar estereótipos e preconceitos sobre imigrantes e refugiados. Afinal, as disputas de sentido sobre a problemática do imigrante e do refugiado se dá dentro e fora de qualquer narrativa”.


*Venha ser parte do esforço para manter o trabalho do MigraMundo! Conheça nossa campanha de financiamento recorrente e junte-se a nós: https://bit.ly/2MoZrhB

*Que tal receber notícias do MigraMundo diretamente em seu WhatsApp? Basta acessar este link e entrar em nosso grupo de distribuição de conteúdo

DEIXE UMA RESPOSTA

Insira seu comentário
Informe seu nome aqui